Marcas, Massas e Métricas, a web está com muito mais força

O resultado de uma série de pesquisas divulgadas recentemente mostram que a internet já virou mídia de massa. Independente da fonte (IBOPE, IPSOS, DataFolha, Comitê Gestor), já temos cerca de 60 ou 65 milhões de brasileiros com acesso, dos quais cerca de 30 milhões utilizam a rede pelo menos uma vez por semana, somente nas principais regiões metropolitanas. Nesses locais, o contato com a web supera jornais, revistas e TV por assinatura, de acordo com o Ibope.

A próxima grande transformação é quando a massa virar mídia – ou seja, as redes sociais, blogs, wikis, etc., superarem ou empatarem com a mídia tradicional. Algumas pesquisas divulgadas recentemente sugerem que esta transformação está a caminho. Segundo a comScore, já são mais de 700 milhões de internautas mundialmente utilizando este tipo de site, com uma média verificada de quase 4 horas mensais.

Os números dão uma face quantitativa para um fenômeno qualitativamente muito mais importante – a publicidade baseada na exposição de marca não comanda mais sozinha o processo de compra. Talvez ela nunca tenha comandado mesmo na mídia analógica, mas era difícil medir isso. Agora não é mais. O estudo global da Nielsen sobre consumidores mostra que as opiniões dos internautas já empatam em termos de credibilidade (70%) com os sites de marcas e superam a publicidade na TV, jornais e revistas. Em estudo similar, de 2007, esse número era de 61%.

Em pouco tempo, vamos ver o aparecimento de sistemas de ROI em mídia social capazes de justificar um investimento mais agressivo em iniciativas neste campo. O IAB divulgou em maio um guia de métricas para mídias sociais cobrindo razoavelmente os aspectos quantitativos da utilização de blogs, wikis, widgets, etc. É um primeiro passo. O próximo será incorporar análises qualitativas, que levem em conta não somente a intensidade, mas principalmente a ressonância dos comentários nas redes sociais. Essa combinação irá transformar a mídia social digital em uma das mais efetivas formas de branding na próxima década.

Fonte: Blue Bus – 28/07 – Marcelo Coutinho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s