Wonka Bar by Mucha Tinta

O Wonka Bar foi inaugurado em 2005, no centro de Curitiba, abrigando o que há de melhor dos estilos alternativos de música. Composto por quatro espaços independentes: um bar no piso superior com mesas; saletas confortáveis ambientado para momentos tranqüilos; um corredor se transformou num espaço transitório para descanso e o famoso porão, que é o verdadeiro coração do bar; o Wonka se tornou rapidamente palco de diversas manifestações culturais, desde experimentos teatrais à glamurosas jam sessions.

O ambiente é puro reflexo da visão especial de Ieda Godoy, proprietária do bar, que em 2010, resolveu dar uma nova roupagem à proposta cunhada desde o início: ser um lugar de magia e surpresa, e com isso chamou o coletivo Mucha Tinta.

Para renovar o clima de fantástico que sugere o nome Wonka – dado a partir do personagem principal da Fantástica Fábrica de Chocolate, Giusy de Luca desenvolveu uma nova proposta de direção de arte, identidade visual e mudanças na arquitetura do bar.

Cada pedaço de parede ganhou uma ilustração única, cada qual com a personalidade do artista convidado. A inspiração no fantástico rendeu ambientes igualmente fantásticos com uma variedade enorme de ilustrações. Passando por Alice no País das Maravilhas, uma gladiadora sob seu cavalo ao luar, árvores brincalhonas nos corredores, lanternas tipográficas no porão e um belíssimo abstrato nos fundos do bar, para citar apenas algumas, somente as imagens podem descrever a riqueza com que os mais de 20 artistas convidados (confira abaixo uma lista completa dos artistas participantes) soltaram a sua imaginação nas paredes do Wonka.

Reinaugurado em fevereiro de 2010, com os shows da banda Easy Players e Motel Boys, a repercussão do resultado foi imediata. Dias depois da reabertura, Wonka e Mucha Tinta ganharam páginas na Gazeta do Povo, exposição em diversos sites de design, arquitetura e arte, sites e revistas brasileiras e até entrevistas para canais de televisão. (leia mais)

Mais do que exposição na mídia, o novo projeto do Wonka vem atraindo filas e filas de pessoas que todos os dias querem aproveitar cada cantinho do novo espaço. Para o Wonka, Ieda Godoy continua trazendo as atrações multiculturais que já faziam parte da cultura do bar. Agora, com um ambiente tão multicolorido quanto!

Arquitetura: Wendy Ferreto

Identidade visual: Estúdio Nomad Ink (Tyler Johnson e Flávia Sanches)

Direção de arte: Giusy de Luca e Ieda Godoy

Produção: Íris Rodrigues

Vídeos: Lara Jacoski e João Krefer

Fotografias: Giovanna Silvestri e Marcelo C4

Pinturas

Entrada: Claudio Reston (aka Haroldinho), Luís Américo, Guilherme Caldas

Piso superior: Etiene Pellizzari, Renato Faccini, Evandro Marenda,  Alan Nihei  Bozo Krusty, Bruno Cesar, Daniel Moura, Juliana Stinghen, Diego Miguel, Luís Américo, Diogo Cesar, Eduardo Berbel, Pablo Mayer, Elianai Palhano, Renato Faccini, Gabriel Silveira, Juliano Domingues, Renan Molin, Íris Rodrigues, Drica Lara, Carlos Murmel.

Corredor: Rafo Castro.

Porão: Luminárias tipográficas de Claudio Reston, Janara Lopes

Área aberta: Vanessa Queiroz, Marcelo Roncatti, David Bergamasco, Gregório Marangoni, (do Estúdio Colletivo), Diego Miguel, Isaac Hugo Barbosa, Janara Lopes

Fachada: Cleiton Nass, John Karger, Carlos Urquizar Rojas e Jackson Peixer (Estúdio Firmorama)

From Mucha Tinta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s